Como Escolher o Curso Superior Mais Adequado

Quase todos terão passado a infância e a adolescência a ouvir a pergunta “O que é que queres ser quando fores grande?” A verdade é que os anos vão passando e chega a altura em que é necessário tomar decisões concretas, escolher um rumo, talvez uma carreira.

Para quem opta por frequentar um curso superior, as escolhas tornam-se por vezes difíceis, não apenas entre instituições, mas também entre licenciaturas.

Uma coisa é o que queremos ser quando formos grandes, mas outra, que por vezes é totalmente diferente, é aquilo que efetivamente podemos tornar-nos quando formos grandes, satisfazendo as nossas ambições não profissionais.

A melhor recomendação que se pode dar a quem está prestes a escolher um curso superior para frequentar é que faça essa opção aplicando a medida certa de coração e de racionalidade. Um curso que dê muito gosto e alegria frequentar poderá deixar depois o licenciado encalhado no mercado de trabalho, por não existirem saídas profissionais ou por haver uma saturação do mercado.27459270721_4114928b55_b

É importante – dir-se-ia mesmo essencial – realizar uma pesquisa de mercado, com atenção às tendências futuras, para verificar qual o panorama de empregabilidade que esperará o futuro estudante e trabalhador.

Se ponderar a hipótese de trabalhar no estrangeiro, então essa pesquisa deverá ser mais alargada. Embora o leque de oportunidades aumente exponencialmente, podem também aumentar os requerimentos no que toca à formação. Para além disso, nestes casos, e se a opção por trabalhar fora de Portugal no futuro estiver bem determinada, será essencial aprofundar o conhecimento da língua ou das línguas que virão a ser necessárias.

Verifique também a reputação das universidades a que se candidata, pois o reconhecimento do grau académico poderá variar. Recomendamos ainda que, se possível, antes de enveredar por uma carreira, tenha contacto com profissionais do ramo, para que possa inteirar-se das suas especificidades, pois muitas vezes a complexidade é superior ao que transparece.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *